Ahmadinejad diz que sanções iniciam 'batalha' contra Irã

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta quinta-feira que o Ocidente começou uma "batalha pesada" com o Irão ao reforçar as sanções contra o programa nuclear do país. Ele também insiste que o Irã "não vai retroceder uma vírgula" no seu direito de ter um programa nuclear pacifico.

AE, Agência Estado

19 de julho de 2012 | 10h34

Os comentário de Ahmadinejad foram reportados pela agência de notícias oficial IRNA. A declaração do presidente iraniano acontece duas semanas após o início das sanções bancárias feitas pelos Estados Unidos e terem começado a valer o embargo total do petróleo do Irã imposto pela União Europeia.

As sanções tentam pressionar Teerã a interromper as atividades de enriquecimento de urânio. Os EUA e seus aliados acusam o Irã de buscar armas nucleares, o que o país nega. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
IRÃAHMADINEJADSANÇÕES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.