Ahmadinejad é contra fichar americanos ao entrarem no Irã

Ahmadinejad, manifestou-se contra um projeto de lei por meio do qual seria exigido que sejam fichados os americanos que pisarem em solo iraniano.Num discurso pronunciado diante de uma multidão reunida na periferia de Teerã, Ahmadinejad disse ter pedido aos parlamentares iranianos que arquivem um projeto de lei que obrigaria os agentes de imigração a colher a impressões digitais de todas as pessoas que ingressarem no Irã com passaporte americano."Não temos nenhum problema com o povo americano. Nós nos opomos somente à arrogância e ao assédio do governo dos Estados Unidos", esclareceu Ahmadinejad no discurso pronunciado na noite de ontem e divulgado hoje pela Agência de Notícias da República Islâmica.Baseado no princípio diplomático da reciprocidade e aprovado por uma comissão parlamentar no início do mês, o projeto de lei foi elaborado por deputados conservadores em retaliação à exigência americana de que todos os portadores de passaporte iraniano tenham as impressões digitais colhidas ao ingressarem nos EUA.A medida americana também é aplicada a cidadãos de alguns outros países e foi implementada em 2002, meses depois dos atentados de 11 de setembro do ano anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.