Ahmadinejad e Medvedev decidem estreitar relações

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, e seu homólogo russo, Dmitry Medvedev, decidiram estreitar as relações entre os dois países durante uma conversa telefônica, informaram hoje os meios de comunicações estatais iranianos. O telefonema foi feito depois de a Rússia ter desprezado o convite do Irã para visitar duas instalações nucleares da República Islâmica que estiveram abertas para um grupo de diplomatas estrangeiros no última fim de semana.

AE, Agência Estado

17 de janeiro de 2011 | 19h16

Teerã e Moscou devem sempre ser "amigos e colegas", disse o presidente Ahmadinejad a Medvedev, segundo a emissora estatal de televisão. "A República Islâmica do Irã saúda o estreitamento dos laços em todas as áreas entre os dois países". O site da emissora diz que Medvedev é simpático à abordagem dos linhas-duras iranianos.

Segundo a emissora, que não informou quando o contato foi feito, Medvedev disse que os dois antigos aliados devem estreitar suas relações nos setores de energia, combustível, transporte e outras áreas comerciais. "A Rússia está pronta para uma ampla cooperação com a República Islâmica do Irã", disse Medvedev, segundo a televisão iraniana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãRússiarelações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.