Ahmadinejad pede negociações e eleições na Síria

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse que quer que seus aliados no regime sírio negociem com a oposição a realização de uma eleição diretas, em uma entrevista ao canal de TV egípcio.

AE, Agência Estado

07 de fevereiro de 2013 | 10h13

Os dois lados deveriam "sentar na mesa de negociações para encontrar uma solução para a crise, através de um entendimento mútuo", afirmou Ahmadinejad, que está no Egito. Ele disse que o resultado preferencial seria "eleições diretas, e o povo sírio decidir o destino da Síria".

O Irã é o principal aliado regional do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, enquanto a maior parte dos países árabes apoia a oposição.

A Síria tem enfrentando uma guerra civil que já matou um número estimado de 60 mil pessoas em mais de 22 meses, de acordo com a Organização das Nações Unidas.

Ahmadinejad, o primeiro presidente iraniano a visitar o Egito desde que os dois países romperam os laços após a revolução islâmica do Irã, em 1979, se reuniu com líderes do Egito e da Turquia na quarta-feira para discutir o conflito sírio. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AhmadinejadSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.