Ahmadinejad quer sinais claros dos EUA

Segundo líder iraniano, Washington não disse que quer melhor relação

AP, TEERÃ, O Estadao de S.Paulo

27 de abril de 2009 | 00h00

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou em uma entrevista divulgada ontem que Washington não enviou a Teerã sinais suficientes de que os EUA desejam melhores relações com o Irã. Ele acrescentou que o apoio do presidente Barack Obama a Israel durante a ofensiva na Faixa de Gaza, em janeiro, foi "um erro".Os comentários de Ahmadinejad à rede americana ABC, destacam as mensagens contraditórias que o Irã está enviado ao governo Obama, que busca diálogo com o Irã. Apesar de Ahmadinejad ter expressado sua disposição a um recomeço com os EUA, qualificou Israel de um país racista durante reunião da ONU e disse que a invasão do Iraque foi organizada por uma conspiração sionista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.