Ahmadineyad visita Hugo Chávez para reforçar alianças

O presidente iraniano, Mahumd Ahmadineyad, chega à Venezuela no domingo, 17, para fazer uma visita oficial que faz parte da atual aproximação entre os dois países, sócios na Opep, e também na luta contra o que classificam de imperialismo dos Estados Unidos.Durante sua estada na Venezuela, que deve durar pouco mais de um dia, Ahmadineyad e Hugo Chávez, vão firmar acordos de cooperação. Entre eles está a criação de uma empresa mista de áreas petroquímicas, petróleo, saúde e mineração, segundo o porta-voz do governo de Caracas.Venezuela e Irã são parceiros na Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep), e já formaram empresas mistas para a fabricação de tratores e cimento.Durante sua quinta visita ao Irã, entre os dias 29 e 31 de julho, Chávez e Ahmadineyad firmaram vários convênios para a exploração de campos petrolíferos na Venezuela pela empresa iraniana "Petro Pars".Os dois governantes vão viajar na próxima segunda-feira a Anzoátegui, no norte da Venezuela, para acompanhar a perfuração de primeiro poço de petróleo venezuelano em parceria com o Irã, segundo José Jhan, ministro de Indústrias Básicas e Minerais afirmou na quinta-feira.Os presidentes também vão entregar 500 tratores produzidos pela empresa Veneirán a pequenos produtores do estado de Bolívar, sul do país; A empresa foi inaugurada em março de 2005 durante uma visita oficial do então presidente iraniano Mohamed Jatami ao país.Chávez e Jatami firmaram, em 2005, 25 acordos e uma declaração conjunta, na qual reiteram que seus governos provem uma "multi-polaridade" nas relações internacionais e a "independência" de seus povos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.