Aiatolá sugere embargo de petróleo por um mês

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, pediu às nações árabes que implementem um embargo "simbólico", de um mês, aos países do ocidente para que deixem de oferecer apoio a Israel. "Os governos árabes podem utilizar o petróleo como arma. Podem cortar o fluxo de petróleo para todos os países com boas relações com Israel", disse Khamenei em sermão durante a Sexta-Feira de Oração, em Teerã. "Não estou dizendo para que haja um corte indefinido, mas por apenas um mês de maneira simbólica. Se eles (os países ocidentais) não receberem petróleo, suas indústrias pararão. Isto mobilizará o mundo", acrescentou.Rússia pode elevar produção em maioA Rússia pode elevar suas exportações de petróleo em meados de maio, disse o vice-primeiro-ministro, Viktor Khristenko, segundo a agência russa Interfax. O governo irá rever sua política de exportação de petróleo imediatamente após os feriados de maio, que terminam no dia 12, levando em consideração a recente alta nos preços do petróleo, disse Khristenko. A Rússia havia comprometido-se com a Opep em estender para o segundo trimestre o corte de produção acertado para o primeiro trimestre. Os produtores russos devem cumprir com o corte durante abril, disse Khristenko, mas não detalhou sobre os volumes em maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.