AIEA confirma que enviará especialistas a Fukushima

A missão da agência realizará uma análise preliminar sobre a segurança na central

Efe

17 de maio de 2011 | 12h42

VIENA - A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou nesta terça-feira, 17, em Viena que, a partir de 24 de maio, enviará uma equipe de 20 especialistas ao Japão para analisar a situação na usina nuclear de Fukushima.

 

Liderados pelo britânico Mike Weightman, os especialistas visitarão a central de Fukushima Daiichi, administrada pela Tokyo Electric Power (Tepco), afirmou a agência nuclear da ONU em comunicado.

 

A missão da AIEA realizará uma análise preliminar sobre a segurança na central, gravemente danificada após o terremoto e o tsunami de 11 de março.

 

Weightman apresentará um relatório sobre a missão durante a conferência ministerial sobre segurança nuclear, que será realizada entre 20 e 24 de junho em Viena.

 

Segundo a AIEA, trata-se de uma "importante contribuição ao processo de revisão e fortalecimento do marco de segurança nuclear global, que será impulsionado pela conferência".

 

Os especialistas do organismo sustentam que a situação na usina nuclear ainda é muito grave, mas reconheceram alguns avanços no trabalho para resfriar os reatores e evitar escapamentos radioativos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.