AIEA discute envio de programa nuclear do Irã à ONU

A Junta de Governadores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) fará nesta quinta-feira uma reunião de emergência, para decidir se encaminha o programa do Irã de enriquecimento de urânio ao Conselho de Segurança da ONU, para possíveis sanções.Os EUA esperam que seja dado o sinal verde para que o "Irã seja levando perante o Conselho de Segurança", disse na quarta-feira o porta-voz do Departamento de Estado americano Sean McCormack."A mensagem que será enviada muito claramente ao Irã é a de que o país cruzou a linha", e que deve recuar e cumprir seus compromissos com a comunidade internacional, acrescentou.Segundo McCormack, os EUA esperam ter acesso aos resultados da investigação da AIEA sobre as atividades nucleares iranianas, embora continuem convencidos de que o "Irã está trabalhando para desenvolver uma arma nuclear".A AIEA votará a resolução apresentada pelos três países europeus que tentaram convencer Teerã a abandonar seus planos nucleares (Alemanha, França e Reino Unido).O texto, que conta com o apoio dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (EUA, França, China, Rússia e Grã-Bretanha), pede ao diretor-geral da AIEA, Mohamed El Baradei, que notifique o órgão máximo das Nações Unidas sobre os possíveis descumprimentos iranianos. A resolução, no entanto, não ameaça impor nenhum tipo de sanção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.