AIEA fará reunião sobre emergência nuclear japonesa

A agência atômica das Nações Unidas informou hoje que sua junta de diretores realizará uma reunião especial na segunda-feira. Na ocasião, o diretor-geral Yukiya Amano fará um resumo, aos Estados-membros, sobre a emergência nuclear que o Japão enfrenta. Amano, chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), que reúne 35 membros, viajou para o Japão ontem para avaliar a devastação causada pelo terremoto e pelo tsunami que atingiu o país na sexta-feira passada. Ele também está discutindo com as autoridades do país sobre a assistência que a AIEA pode oferecer.

REGINA CARDEAL, Agência Estado

18 de março de 2011 | 12h48

Após encontrar hoje o primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, em Osaka, Amano disse que a batalha do Japão para estabilizar a usina nuclear de Fukushima é "uma corrida contra o tempo", segundo a agência France Presse. "Portanto, é importante que a comunidade internacional, incluindo a AIEA, lide conjuntamente com isso. É especial e extremamente importante resfriar os reatores. Portanto, acho que é uma corrida contra o tempo", afirmou. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.