AIEA não sabe se programa do Irã é pacífico

ElBaradei pede a Teerã que dê mais informações até o fim do ano e EUA ameaçam com sanções

Viena, O Estadao de S.Paulo

23 de novembro de 2007 | 00h00

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) afirmou ontem que não tem informação suficiente para poder confirmar o caráter pacífico do programa nuclear do Irã. O diretor da agência da ONU, Mohamed ElBaradei, disse em Viena, na reunião dos 35 membros da junta da AIEA, que é "crucial" obter mais dados, "por causa do histórico do Irã em matéria de atividades nucleares não declaradas e da necessidade de restaurar a confiança em relação à natureza pacífica de seu programa atômico".ElBaradei pediu a Teerã que adote "um papel mais ativo no fornecimento de informações, para que a AIEA seja capaz de esclarecer até o fim do ano todos os importantes assuntos ainda indefinidos".No dia 15, a AIEA divulgou um relatório afirmando que o Irã esclareceu um certo número de questões-chave relativas a suas atividades nucleares no passado, mas, ao mesmo tempo, "reduziu" o nível de conhecimento da agência sobre o atual programa iraniano.Os EUA e três de seus aliados europeus alertaram ontem que o Irã não fez o suficiente para obter a confiança sobre seu trabalho nuclear e a ONU deveria considerar agora sanções mais duras. "O ?espere para ver? não é mais uma opção", disseram os representantes de Grã-Bretanha, França e Alemanha num comunicado, depois que ElBaradei pediu ao Irã que dê mais explicações até o fim do ano.Os EUA e vários países ocidentais temem que o Irã esteja secretamente tentando desenvolver armas atômicas. Mas Teerã diz que quer apenas usar seu programa de enriquecimento de urânio para gerar energia. "Reconhecemos que o Irã está adotando passos na direção correta, mas estamos desapontados com o fato de a cooperação ser parcial", assinalaram os três representantes europeus. "Então, no fim das contas, os resultados não são encorajadores." FRANCE PRESSE E REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.