AIEA pede verba para plano de segurança nuclear

A agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu na segunda-feira que os Estados providenciem um financiamento extra para ajudar a implementar medidas que aumentem a segurança nuclear do planeta após o acidente de Fukushima, no Japão - uma solicitação que alguns poderão hesitar em meio às crescentes preocupações econômicas no mundo.

REUTERS

26 Setembro 2011 | 14h42

A reunião anual dos Estados membros da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) da ONU na semana passada endossou o plano de ação da AIEA para ajudar a garantir que não se repita um desastre nuclear como o de Fukushima.

O diretor-geral da AIEA, Yukiya Amano, afirmou que o plano, que delineia uma série de medidas voluntárias, exige um "seguimento imediato" e que ele estava formando uma equipe especial de ação em segurança nuclear dentro da agência da ONU com sede em Viena com essa finalidade.

"Atender as novas demandas para a assistência a Estados membros em segurança nuclear, assim como em outras áreas, exigirá um aumento nos recursos da agência", disse ele na sessão do conselho executivo da AIEA, formado por 35 países.

Mais conteúdo sobre:
ONU AIEA VERBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.