Ainda em coma, Ariel Sharon é transferido para casa

O ex-primeiro-ministro israelense Ariel Sharon, em coma desde que sofreu uma série de derrames há mais de quatro anos, foi transferido na manhã de hoje para sua casa, disse o médico Shlomo Noi à Rádio Israel. De acordo com ele, o ex-líder foi transferido de ambulância para o rancho de ovelhas de sua família no sul do país, acompanhado de uma equipe médica.

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2010 | 11h41

Sharon segue em coma. O político foi um herói de guerra durante décadas e tornou-se uma das figuras políticas mais controvertidas de Israel. Popular, foi primeiro-ministro entre 2001 e 2006. Nesse período organizou a saída de Israel da Faixa de Gaza, em 2005.

Sharon era mantido na unidade de cuidados de longo prazo do Hospital Tel Hashomer, nas proximidades de Tel-Aviv, desde que sofreu os derrames em 2006. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.