Air Canadá suspende 1.200 demissões

A companhia aérea Air Canada e o sindicato dos funcionários públicos do Canadá chegaram a um acordo para suspender 1.200 demissões de comissários de vôo programadas pela companhia. Segundo o sindicato, o acordo foi resultado dos encontros realizados entre as partes no Conselho de Relações Industriais do Canadá, durante o final de semana. O decisão prevê que a empresa não deverá demitir nenhum de seus funcionários até o dia 1° de novembro. "Isso nos dá mais tempo para encontrarmos soluções que passem por atitudes voluntárias", afirmou o sindicato em comunicado. Leia o especial

Agencia Estado,

15 Outubro 2001 | 17h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.