Ajuda dos EUA encoraja ambições da Geórgia, diz Rússia

A ajuda dos Estados Unidos à Geórgia e os recentes comentários do vice-presidente americano, Dick Cheney, encorajarão as "ambições agressivas" da Geórgia, disse hoje um diplomata da chancelaria russa, no mesmo dia em que Cheney visitava a Ucrânia em meio a um giro por três países da região.No início da semana, Washington anunciou um pacote de US$ 1 bilhão em ajuda econômica à Geórgia. Quando visitou Tbilisi, Cheney criticou a Rússia pela recente guerra com a Geórgia e afirmou que os EUA apóiam as aspirações georgianas de ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).A visita de Cheney à região sinaliza que os Estados Unidos querem continuar cultivando laços com uma região estratégica considerada pela Rússia como sua esfera natural de influência.No início do mês passado, forças russas invadiram a Geórgia um dia depois de tropas do país vizinho terem atacado a Ossétia do Sul, uma região separatista georgiana onde vivem muitos russos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.