Al-Jazira acusada de estimular atos

Analistas apontam a emissora de TV do Catar Al-Jazira como uma das instigadoras dos protestos que vêm ocorrendo no mundo árabe. Segundo The New York Times, a cobertura da TV árabe das manifestações que eclodiram inicialmente na Tunísia acabou garantindo a continuidade dos protestos e inspirou as manifestações nos demais países. Esta semana, escritórios e veículos da emissora foram atacados no Líbano e na Cisjordânia. Ontem, autoridades do Iêmen queixaram-se ao governo do Catar pela cobertura dos protestos de quinta-feira. "A noção de que há uma luta comum no mundo árabe é algo que a Al-Jazira ajudou a criar", afirmou o especialista em Oriente Médio Marc Linch.

NYT, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.