Al-Jazira mostra imagens de supostos filhos de Bin Laden

O canal por satélite Al-Jazira, do Catar, exibiu hoje algumas rápidas imagens de quatro jovens com idades entre 10 e 18 anos e que, segundo a emissora, são filhos de Osama bin Laden, o milionário saudita que os EUA consideram ser o mentor dos atentados de 11 de setembro. Os quatro - Hamza, Mohammed, Khaled e Laden - participavam, segundo o canal, de uma expedição ao lado de milicianos talebans e dos chamados "árabes afegãos" na região centro-oriental do Afeganistão. O objetivo da expedição de quatro dias, ainda segundo a Al-Jazira, era buscar uma base que os militares americanos teriam instalado na província de Ghazi, na parte central do país. O canal se deteve particularmente no mais jovem dos quatro - Hamza, de cerca de 10 anos -, que, com um turbante preto na cabeça, recitava uma poesia dedicada à cidade de Cabul, "a orgulhosa que, embora posta à prova, levanta a cabeça", e dirigia palavras de elogio ao mulá Omar, o líder dos talebans. Em seguida, a Al-Jazira mostrou imagens de um outro homem da expedição que, falando em inglês, explicava a seus companheiros que "os EUA são uma superpotência só em Hollywood" e que os americanos "nunca ousarão vir enfrentar-nos aqui". No final da reportagem - na qual também foram mostradas imagens de alguns restos de um helicóptero americano que os talebans afirmam ter derrubado na sexta-feira -, o porta-voz dos talebans, Khan Moutaqi, declarou que as buscas da expedição foram infrutíferas.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.