Al-Qaeda ameaça o país errado

O número dois da Al-Qaeda, Ayman Al Zawahri, "confundiu" a Noruega com a Dinamarca em sua mensagem sobre ataques contra interesses americanos, britânicos, australianos e noruegueses, informou a rede de TV dinamarquesa DR1. "Trata-se de um mal-entendido", disse o apresentador do noticiário da DR1, recordando que a Dinamarca, e não a Noruega, participou da invasão do Iraque. "Sejam fortes muçulmanos e ataquem as embaixadas dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Austrália e Noruega e seus interesses e seu pessoal. Queimem a terra sob seus pés e os expulsem a pontapés para seus países", teria dito Azawahiri em uma mensagem gravada e difundida hoje pela rede de televisão Al Jazira. A Noruega, por sua vez, expressou sua "surpresa" pela ameaça da Al-Qaeda, mas decidiu reforçar a segurança em suas sedes diplomáticas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.