Al-Qaeda assume atentado na Turquia: 15 mortos e 300 feridos

A Al-Qaeda e grupo islâmico turco IBDA-C assumiram a autoria dos atentados à bomba perpetrados hoje na Turquia. Foi o que afirmou um homem durante um telefonema feito à agência de notícias Anatolia. As explosões no consulado britânico e no prédio do HSBC mataram, pelo menos, 15 pessoas e feriram outras 300, segundo divulgou a Associated Press, com base em levantamento dos serviços de saúde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.