Al-Qaeda assume série de ataques no Iêmen

A rede terrorista Al-Qaeda assumiu nesta quarta-feira a responsabilidade por uma série de ataques no Iêmen, entre eles um atentado no domingo que deixou 185 soldados do governo mortos na província de Abyan e o bombardeio de um avião militar em Sanaa.

AE, Agência Estado

07 Março 2012 | 10h30

No dia 4 de março, "o mujahedeen (grupo que mantém fortes laços com a Al-Qaeda) realizou uma série de operações contra as forças do governo alocadas nas entradas de Zinjibar", capital da província de Abyan, informou o braço iemenita da rede terrorista.

Militantes islamitas também "explodiram um avião militar da força aérea do Iêmen na base do exército em Dulaimi que estava transportando armas para as províncias de Aden e Hadramawt", afirmou em comunicado a Al-Qaeda na Península Arábica. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
IêmenviolênciaAl-Qaedaataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.