Al-Qaeda avisou sobre ataque na Arábia

Um comandante da Al-Qaeda advertiu que a rede terrorista de Osama bin Laden estava prestes a executar grandes ataques na Arábia Saudita num e-mail apenas um dia antes dos atentados na capital saudita, divulgou hoje uma revista árabe. "Osama bin Laden emitiu ordens diretas para lançarmos uma guerra de guerrilha em todas as formas, de longo prazo, nas nações do Golfo. Estamos prontos para executar muitas e grandes operações", diz a mensagem. "O mundo verá como fazemos a América pagar por invadir o Iraque".O integrante da Al-Qaeda, que se identificou como Abu Mohammed al-Ablaj, escreveu domingo num e-mail enviado à revista Al-Majalla, baseada em Londres, que a Al-Qaeda havia armazenado armas e explosivos e constituído esquadrões de "mártires" na Arábia Saudita para lançar o que definiu como uma "guerra de guerrilha" contra os líderes sauditas e os Estados Unidos.Uma autoridade antiterrorista em Washington considerou o e-mail confiável e que ele prova que a Al-Qaeda foi a responsável pelos ataques da noite de segunda-feira. Acredita-se que Al-Ablaj seja na verdade Abu Bakr, disse a autoridade.Na correspondência à revista, de propriedade de sauditas, Al-Ablaj afirmou chefiar os treinamentos dos combatentes da Al-Qaeda. "Além de alvejar o coração da América, entre as prioridades estratégicas agora está alvejar e executar operações nos países do Golfo Pérsico e aliados dos Estados Unidos, particularmente Egito e Jordânia", escreveu Al-Ablaj.Issam Abdullah, da editoria de política da revista, disse que a revista não tem como confirmar a identidade de Al-Ablaj e nem tem conhecimento de seu paradeiro. Um repórter da Al-Majalla, Mahmoud Khalil, disse à Associated Press que ele trocou e-mails com Al-Ablaj no sábado e domingo, enviando perguntas a ele. A Al-Majalla planeja publicar a entrevista completa na edição de sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.