Al-Qaeda do Magreb ameaça chineses

O grupo Al-Qaeda do Magreb ameaçou ontem atacar trabalhadores chineses no norte da África para vingar a morte de muçulmanos da etnia uigur na Província de Xinjiang, noroeste da China. Esta é a primeira ameaça feita por um braço da rede comandada por Osama bin Laden contra a China. Pelo menos 50 mil chineses trabalham na Argélia, país de origem da Al-Qaeda do Magreb.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.