Al-Qaeda é suspeita de ataque a embaixada

A Al-Qaeda, ou algum grupo terrorista ligado a ela, é "provavelmente" a responsável pelo ataque contra a embaixada da Dinamarca no Paquistão, que matou seis pessoas anteontem e deixou, entre os feridos, a brasileira Maria Iraise Macena Nobre. As informações são do serviço de inteligência dinamarquês. A Al-Qaeda havia ameaçado atacar alvos dinamarqueses porque seus jornais publicaram pela segunda vez uma charge do Profeta Maomé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.