Al-Qaeda lança nova ameaça de atentados

Uma nova ameaça aos Estados Unidos atribuída Al-Qaeda, rede terrorista do milionário saudita Osama bin Laden, foi divulgada neste domingo pela Al-Jazira - canal de TV do Catar. "Parem da dar apoio a Israel contra os palestinos, à Rússia contra os chechenos e afastem-se de nós ou podem esperar pela gente em Washington e Nova York", diz um trecho do texto de seis páginas, entregue ao jornalista Yorsi Fouda, correspondente da emissora no Paquistão.O diretor de segurança interna dos EUA, Tom Ridge, afirmou que nem o governo nem os norte-americanos devem ignorar ou subestimar as ameaças terroristas. Mas ressaltou em entrevista as principais redes de televisão do país de que não há nada de novo nessas ameaças. "São as mesmas que já conhecemos e integram um conjunto."A rede de Bin Laden reiterou também as ameaças aos aliados dos Estados Unidos - Canadá, Austrália, Grã-Bretanha, França e Itália.Em Londres, o governo negou ter desbaratado um plano de ataque químico contra o metrô, denunciado pela imprensa local. Mas o país se encontra em estado de alerta máximo. A informação sobre o complô foi divulgada pelo jornal Sunday Times que se baseou na vistoria de policiais em casas de argelinos, tunisianos e marroquinos dia 9 na zona norte de Londres.A polícia apreendeu vários materiais, mas não encontrou explosivos nem substâncias tóxicas. Houve três prisões de islâmicos desempregados. Num primeiro momento, correu versão de que eles carregavam propaganda terrorista. Mas, segundo a Scotland Yard, serão processados apenas por porte de documentos falsos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.