Al-Qaeda pede guerrilha urbana na Arábia Saudita

O saudita Abulaziz al-Muqrin, suspeito de ser o novo líder da rede terrorista Al-Qaeda na Arábia Saudita, fez um conclamou seus seguidores a lançar operações de guerrilha urbana para desestabilizar o reino. O comunicado saiu numa página de um grupo radical islâmico na internet, usada em outras ocasiões pela Al-Qaeda para assumir a autoria de atentados no país. O líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, é um saudita que teve sua nacionalidade cassada pelo governo. Al-Muqrin encabeça a lista dos 26 acusados de terrorismo mais procurados pelas forças sauditas, por envolvimento na onda de ataques desfechados no país desde o início do ano passado. Dezenas de pessoas foram mortas, incluindo vários ocidentais - especialmente visados pelos extremistas islâmicos. Al-Muqrin teria assumido a chefia da rede na Arábia Saudita depois que a polícia matou, meses atrás, o dirigente Khaled Ali Hach.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.