Al-Qaeda planeja promover atentados na Grã-Bretanha

Os serviços de segurança da Grã-Bretanha foram colocados em alto alerta devido à inteligência avisar que a Al-Qaeda pode estar planejando um atentado no reino, divulgou hoje a BBC. Alertas para a polícia e os militares normalmente não não tornados públicos. A Secretaria do Interior, que controla os serviços de inteligência, se recusou a comentar a notícia da BBC alegando que nunca discute níveis de alerta a menos que exista uma ameaça específica. "Se houver uma ameaça específica, o governo não hesitará em emitir um alerta", explicou uma porta-voz que exigiu anonimato. Segundo a BBC, o nível de alerta foi elevado para "geral grave", o segundo mais alto, depois de a inteligência ter recebido sinais de que seguidores da Al-Qaeda do norte da África planejam ataques. A mudança do nível de alerta não estaria relacionada à visita da semana que vem do presidente dos EUA, George W. Bush, à Grã-Bretanha, acrescentou a BBC. Manifestantes opostos à guerra no Iraque, liderada pelos EUA, pretendem promover uma série de protestos durante a visita de Bush, de 19 a 21 de novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.