Al-Qaeda planejava explodir dois hotéis na Jordânia

Fontes dos serviços de segurança jordanianos anunciaram hoje ter descoberto "recentemente" um complô da Al-Qaeda - a organização terrorista de Osama bin Laden - para fazer ir pelos ares dois hotéis em Petra, a principal atração turística do país. "Dois suspeitos estão sendo interrogados e uma ampla operação foi montada em busca de outros três envolvidos no complô?, disse uma fonte que pediu para ser mantida no anonimato. A revista americana Time lembrou hoje que a Jordânia havia descoberto semanas atrás um plano terrorista para explodir algumas embaixadas árabes e ocidentais em Beirute. No final de 1999, as autoridades de Amã haviam desmantelado uma célula da Al-Qaeda que planejava ataques terroristas contra objetivos turísticos e ocidentais durante as celebrações do novo Milênio. Os serviços de segurança de Amã estão à procura de Bin Laden há dez anos, antes mesmo de ele se esconder no Afeganistão e fundar a organização Al-Qaeda. Segundo fontes desses serviços, o terrorista saudita tentou assassinar toda a família real jordaniana durante o verão de 2000. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.