Al-Qaeda reivindica atentado contra ministro afegão

A rede terrorista Al-Qaeda aparentemente reivindicou a autoria de atentado que falhou contra o ministro da Defesa afegão, Mohammad Qassim Fahim, segundo reportagem desta quinta-feira do jornal árabe Al-Hayat, publicado em Londres.O jornal recebeu um suposto telefonema da organização de Osama bin Laden, em que o interlocutor afirmava ter cometido o atentado ocorrido na última segunda-feira em Jalalabad. Fahim saiu ileso do ataque, mas quatro pessoas morreram e outras 18 ficaram feridas.A voz, que se identificou como suposto representante da Al-Qaeda, ameaçou atos similares contra forças estrangeiras no Afeganistão e afegãos que colaborem com elas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.