Al-Qaeda revindica atentado em Bali

A rede extremista Al-Qaeda assumiu a responsabilidade pelo atentado a bomba que deixou quase 200 mortos numa casa noturna da paradisíaca ilha de Bali, na Indonésia. Numa mensagem publicada numa página na Internet, o grupo informou estar visando "casas noturnas e de prostituição na Indonésia" e anunciou que está intensificando sua atividade em países árabes e islâmicos que participam da aliança "dos cruzados com os judeus".O mesmo site foi utilizado no passado pela Al-Qaeda para assumir a responsabilidade por outros atentados, como os promovidos contra uma sinagoga na Tunísia e contra dois navios na costa do Iêmen.A mensagem da Al-Qaeda, traduzida pela rede de tevê norte-americana CNN, dizia: "Ao tentar atacar um avião norte-americano na Arábia Saudita e ao atacar uma sinagoga judaica na Tunísia, destruir dois navios no Iêmen e atacar a base de Fialka no Kuwait e as casas noturnas e de prostituição na Indonésia, a Al-Qaeda demonstrou que não se abstém de atacar dentro de terras árabes e islâmicas."E prossegue: "É levado em conta que os alvos pertençam à aliança dos cruzados com os judeus."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.