Al Qaeda seqüestra avião no Chipre, segundo TV turca

Terroristas querem desviar o vôo para rumar para o Irã ou para a Síria

EFE

18 de agosto de 2007 | 04h35

Duas pessoas que disseram ser da organização terrorista Al Qaeda seqüestraram um avião da companhia privada turca "Atlas Jato" e desviaram o vôo rumo ao aeroporto de Antalia, na Turquia, com intenção de seguir para o Irã ou a Síria, segundo informaram alguns de seus passageiros à rede de televisão turca "NTV". O avião, com 136 passageiros e seis tripulantes, decolou do aeroporto de Timpou, no norte do Chipre, e se dirigiu ao aeroporto de Antalia, no sul da Turquia, para reabastecer. Lá, os passageiros puderam desembarcar, mas os membros da tripulação permanecem retidos a bordo. Um dos passageiros afirmou que, 45 minutos após a decolagem, o avião sofreu um problema e parecia descer. Então, os dois seqüestradores correram para a cabine, dizendo que tinham bombas em suas mãos. Em declarações à "NTV", outro passageiro disse que os seqüestradores falavam árabe quando conversavam entre si. Elesdisseram que queriam levar o avião ao Irã ou à Síria, e criticaram o Governo da Turquia. Tüncay Doganer, um diretor da companhia Atlas Jet, informou que nove passageiros e toda a tripulação continuavam retidos no avião.Ele pediu responsabilidade aos meios de comunicação na transmissão de informações sobre o seqüestro. As forças de segurança cercaram o avião e podem executar uma operação.

Tudo o que sabemos sobre:
Al Qaedasequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.