Al-Qaeda volta a ameaçar Europa

As Brigadas de Abu Hafs al Masri, grupo ligado à rede terrorista Al-Qaeda, de Osama bin Laden, lançaram novas ameaças de ataque contra a Europa, principalmente à Itália. "Nossas armas estão voltadas para o premier italiano, Silvio Berlusconi, mas temos a Europa toda como alvo", diz uma nota assinada pelo grupo.Em comunicados anteriores, o grupo também assumiu a responsabilidade pelos atentados de 11 de março, em Madri, na Espanha, e pelos ataques de novembro de 2003 e 10 de agosto passado, em Istambul, na Turquia. O texto ainda advertiu que haverá uma resposta "não-convencional" para quem ignorou a trégua da Al-Qaeda, expirada em 15 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.