Al-Sadr é ferido em combates em Najaf

O religioso radical Muqtada al-Sadr foi ferido durante bombardeios na manhã desta sexta-feira, informou um porta-voz das Brigadas Mahdi, comandadas pelo líder xiita. Segundo a agência de notícias Associated Press, Al-Sadr teria sido atingido no peito e em uma das pernas enquanto se reunia com seguidores perto da mesquita do Imã Ali, na cidade sagrada de Najaf. Há uma semana, tropas leais ao religioso e soldados da coalizão encabeçada pelos EUA no Iraque se enfrentam na cidade."Ele foi levado para um local não identificado, não sabemos onde está agora", declarou o porta-voz. Outro integrante da milícia xiita disse que o estado do líder religioso é estável. Após ser atingido, Al-Sadr pediu que seus seguidores mantenham a calma e continuem os combates ainda que ele morra ou seja preso. Nesta quinta-feira, as tropas norte-americanas invadiram a casa de Al-Sadr mas a encontraram vazia.As Brigadas Mahdi estão em confronto com as forças de coalizão desde o último dia 5, após o fim de uma série de acordos que impuseram uma trégua de dois meses. Forças norte-americanas e do Iraque montaram um cerco à mesquita do Imã Ali, onde estão amotinados centenas de homens leais a Al-Sadr, mas ainda não decidiram invadí-la temendo uma reação do mundo árabe pela violação de um de seus santuários mais sagrados.As Brigadas Mahdi convocaram os iraquianos a se concentrarem nesta sexta-feira perto da chamada Zona Verde, onde ficam a maior parte dos ministérios iraquianos e as embaixadas dos EUA e da Grã-Bretanha, para um protesto contra os combates em Najaf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.