Al-Sadr nega-se a deixar mesquita incondicionalmente

O clérigo xiíta Muqtada al-Sadr rejeitou nesta quinta-feira o ultimato do governo iraquiano para desarmar sua milícia imediatamente e retirar-se da mesquita sagrada do Imam Ali sem a imposição de condições, disse um assessor do líder em Najaf, citando uma carta enviada por Al-Sadr. Esta manhã, o Ministro do Estado reiterou ameaças feitas ontem pelo Ministro da Defesa de que poderia dar início a uma ampla ofensiva em Najaf, incluindo entrada de um exército de iraquianos na mesquita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.