Alan García vota em meio à aclamação dos simpatizantes

O social democrata Alan García, candidato à presidência peruana, votou neste domingo para o segundo turno eleitoral sob aplausos e aclamação de um grupo de simpatizantes.García votou rapidamente no colégio Scipión Llona, do distrito de Miraflores, em Lima. A mulher de García, Pilar Nores, não o acompanhou ao centro de votação.Mais cedo, o ex-presidente peruano (1985-90) assegurou durante um café da manhã com a imprensa peruana e estrangeira, realizado em seu local de campanha, que ele não representa "o mal menor", mas "o voto útil" para seus compatriotas.García, que passou o encontro junto da mulher e dos filhos, disse que hoje é um "dia de afirmação da democracia", e espera que se "inicie uma fase de maior crescimento econômico".Seu adversário, o nacionalista Ollanta Humala, votou no início do dia e pediu "transparência" neste segundo turno, que foi marcado por uma "guerra suja" e um tiroteio na semana passada, na cidade andina de Cuzco, que deixou três nacionalistas feridos.Cerca de 16,4 milhões de peruanos foram convocados às urnas para escolher seu próximo presidente entre Humala, do União pelo Peru (UPP), e García, do Partido Aprista Peruano (PAP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.