AFP PHOTO / SAUL LOEB
AFP PHOTO / SAUL LOEB

Alarme que levou Capitólio a ser esvaziado foi por falha no exaustor da cozinha

WASHINGTON - O alarme que tocou e fez dois prédios do Capitólio serem esvaziados nesta terça-feira, 26, em Washington, foi devido a uma falha em um exaustor da cozinha do centro de visitantes, de acordo com autoridades. "Não há sinais de fumaça ou de fogo", disse Kimberly Schneider, porta-voz da Polícia do Capitólio dos EUA. Uma hora depois de o alarme ter tocado, funcionários e turistas puderam voltar para os edifícios.

O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2015 | 16h10

Em um e-mail divulgado aos funcionários do Congresso, a polícia disse que dois alarmes foram acionados no centro de visitantes aparentemente causados por um "problema no exaustor da cozinha". A autoridade não forneceu mais detalhes. Os legisladores não estavam no local, pois estão em recesso esta semana devido ao feriado do Memorial Day.

O esvaziamento ocorreu dois dias depois do esquadrão de bomba ter destruído uma panela de pressão encontrada em um veículo "suspeito" abandonado no National Mall, perto do Capitólio. O proprietário do veículo foi detido. Quase seis semanas antes, um homem da Flórida foi detido depois de ter sobrevoado com seu girocóptero pelo espaço aéreo restrito perto do Capitólio.

No incidente desta terça-feira, a polícia esvaziou o Oriente Lawn e fechou a First Street entre o Capitólio e a Biblioteca do Congresso até que os edifícios fossem reabertos. / DOW JONES NEWSWIRES

Tudo o que sabemos sobre:
EUACapitólio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.