Albânia enviará tropas para ajudar os EUA no Iraque

O Parlamento da Albânia aprovou um projeto de lei que autoriza o envio de uma pequena unidade do Exército para participar da coalizão liderada pelos Estados Unidos para participar de uma eventual guerra contra o Iraque, disse Skender Duka, porta-voz do Parlamento. "Todas as facções parlamentares aprovaram por unanimidade a lei para que nossa unidade do Exército alie-se aos soldados da coalizão internacional", disse ele. O governo do primeiro-ministro Fatos Nano decidiu no último domingo enviar cerca de 70 soldados, depois de receber um pedido dos Estados Unidos. "Vamos para lá com unidades de paz, o que significa que nossos soldados não participarão do primeiro estágio das operações de combate", disse o chefe do Estado Maior do Exército da Albânia, general Pellumb Qazimi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.