Albânia terá eleições parlamentares neste domingo

A campanha política se interrompeu neste sábado na Albânia, um dia antes das eleições parlamentares, que são consideradas cruciais para uma eventual adesão do país à União Europeia (UE). O primeiro-ministro, Sali Berisha, de 68 anos, tenta obter o terceiro mandato, mas enfrenta um duro desafio com o líder socialista Edi Rama, de 48 anos.

ÁLVARO CAMPOS, Agência Estado

22 de junho de 2013 | 15h41

Ambos prometeram melhorar a qualidade de vida, combater a corrupção e a violência e levar o país, que é um dos mais pobres da Europa, para a UE. O presidente albanês, Bujar Nishani, pediu que todos aqueles habilitados a votar tenham "a Albânia e seu futuro" em mente.

Neste domingo, quase 3,3 milhões de eleitores devem ir às urnas para escolher 140 deputados, entre 6,9 mil candidatos de 66 partidos políticos. Cerca de 400 observadores internacionais e mais de 8 mil fiscalizadores locais vão monitorar a votação. Não há previsão para o anúncio do resultado. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Albâniaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.