Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Joerg Carstensen/AFP
Joerg Carstensen/AFP

Alemã de 65 anos e já mãe de 13 filhos dá à luz quadrigêmeos

Os bebês - uma menina e três meninos - nasceram prematuramente e por cesária, após uma gestação de apenas 26 semanas

EFE

23 de maio de 2015 | 09h43

BERLIM - Uma alemã de 65 anos, que já era mãe de 13 filhos e trabalha como professora de russo e inglês, deu à luz quadrigêmeos na noite dessa sexta, 22, em um hospital de Berlim, informou neste sábado a rede de televisão "RTL".

Segundo a emissora, a mãe, Annegret Raunigk, que também tem sete netos, teve os quadrigêmeos por cesárea, após uma gestação de 26 semanas.

Os bebês - uma menina e três meninos - nasceram com peso entre 655 e 960 gramas e medindo entre 30 e 32,5 centímetros e, como é habitual em partos prematuros, estão em incubadoras.

Raunigk se submeteu a vários tratamentos de implante de óvulos por inseminação artificial fora da Alemanha depois que uma de suas filhas, Lelia, que hoje tem 9 anos, lhe pediu para ter um novo irmão.

As possibilidades de sobrevivência dos quadrigêmeos é bastante alta, embora não se possa descartar complicações.

Sem inseminação artificial, as chances de ter quadrigêmeos é estimada em 1 entre 600 mil.

A "RTL" informou que a mãe não dará entrevistas e, por enquanto, não serão divulgados nem o nome do hospital nem o dos médicos que a atenderam.

Tudo o que sabemos sobre:
Quadrigêmeos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.