Alemã Herta Müller recebe o Nobel de Literatura

A novelista, poeta e ensaísta Herta Müller recebeu hoje o prêmio Nobel de Literatura por sua representação crítica da vida atrás da Cortina de Ferro, um trabalho derivado em grande parte de suas experiências pessoais. A escritora alemã nascida na Romênia recebeu o prêmio das mãos do rei Carlos XVI Gustavo de Suécia durante uma cerimônia em Estocolmo.

AE-AP, Agencia Estado

10 de dezembro de 2009 | 17h53

A mãe de Müller passou cinco anos em um campo de concentração comunista, e a própria escritora foi atormentada pelo serviço secreto da Romênia comunista por ter se negado a trabalhar como informante. "Eu vivi o temor da perseguição. É emocional, me incomoda, me enfurece", disse a escritora de 56 anos na tradicional coletiva de imprensa dos laureados antes da cerimônia de premiação.

Müller disse se sentir muito feliz ao receber o prêmio, mas não disse o que fará com a quantia de US$ 1,4 milhão. "Não comprarei um iate, então não se preocupem", brincou. Os prêmios Nobel de Medicina, Física, Química, Literatura e Economia são entregues em Estocolmo. O presidente Barack Obama recebeu o Nobel da Paz em Oslo, de acordo com o que foi estabelecido pelo testamento de 1895 do fundador do prêmio, Alfred Nobel.

Tudo o que sabemos sobre:
literaturaPrêmio NobelHerta Müller

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.