Alemães impedem marcha da extrema direita em Berlim

Berlim, 26/04/2014 - Milhares de alemães impediram que um grupo de extrema-direita encenasse uma marcha pela capital alemã neste sábado. A polícia de Berlim diz que ao menos 2 mil pessoas estavam a caminho da rota planejada para uma manifestação organizada pelo Partido Democrático Nacional, de extrema direita.

Agência Estado

26 de abril de 2014 | 18h00

O partido, conhecido por sua sigla NPD, tinha planejado uma marcha através do distrito de Kreuzberg, em Berlim, região que concentra uma grande população de imigrantes. O porta-voz da polícia, Thomas Neuendorf, disse que os cerca de cem ativistas do NPD conseguiram caminhar apenas por poucos metros antes de terem o seu caminho bloqueado. Ainda de acordo, com Neuendorf, quatro apoiadores do partido e nove manifestantes foram presos.

De acordo com os serviços de segurança da Alemanha, o NPD é acusado de ter uma agenda racista, xenófoba e antissemita. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhapartidomanifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.