Alemanha admite sanções econômicas contra o Irã

O ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, não exclui a possibilidade de a comunidade internacional impor sanções econômicas ao Irã, se o seu governo não demonstrar que seu programa nuclear não tem fins militares."Não devemos descartar uma reação econômica", afirmou Steinmeier na quinta-feira à noite, em declarações à emissora de rádio Deutschlandradio.Steinmeier recomendou aos países árabes que se dissociem mais claramente dos planos nucleares do Irã. Para ele, muitos governos são contra a atitude iraniana, mas não tomam uma posição clara.O ministro não vê por enquanto a intenção de recorrer à opção militar. "Não vejo entre os países negociadores nenhum que esteja trabalhando essa opção", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.