Alemanha ajudará na destruição de armas químicas sírias

A Alemanha informou que vai ajudar a destruir o estoque de armas químicas da Síria, como parte dos esforços internacionais de livrar o país das matérias-primas para produzir esse tipo de agente.

Agência Estado

09 de janeiro de 2014 | 12h32

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o governo alemão disse que especialistas que trabalham num local próximo a Hamburgo vão destruir os subprodutos criados quando os agentes químicos foram destruídos, o que deve acontecer a bordo de um navio, em alto-mar.

A ministra da Defesa Ursula von der Leyen disse que as substâncias serão queimadas numa instalação do governo localizada em Münster, a pedido da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq).

A primeira parte dos agentes químicos foi colocada a bordo de um cargueiro dinamarquês no porto sírio de Latakia na terça-feira, para seguir para águas internacionais. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaAlemanhaarmas químicas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.