Alemanha apura suposto sumiço da planta de prédio do serviço secreto

Com inauguração prevista para 2014, edifício será um dos mais caros e de alta tecnologia do país.

BBC Brasil, BBC

11 de julho de 2011 | 16h18

A Alemanha investiga relatos de que a planta das futuras instalações de seu serviço secreto desapareceram, segundo disse nesta segunda-feira um porta-voz do governo do país.

A denúncia foi feita pela revista semanal alemã Focus, que cita um diretor da agência que preferiu não se identificar.

O governo disse que uma comissão está investigando o que classificou de "assunto sério".

"Não foi possível ainda verificar a autenticidade dos relatos, mas uma investigação foi iniciada neste sentido na sexta-feira", disse o porta-voz do governo Steffen Seibert.

Tecnologia

O novo prédio de 1.6 bilhões de euros (mais de R$ 4 bilhões) está sendo erguido em Berlim.

O edifício está previsto para ser inaugurado em 2014 e será um das construções mais caras e de alta tecnologia do país.

A planta mostraria detalhes extremamente sigilosos do prédio, como sistemas de alarme, instalações antiterrorismo, saídas de emergência e instalações de cabos e esgotos.

Analistas dizem que, se a notícia for confirmada, será um risco sério para a segurança do país e uma desmoralização para o serviço secreto.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.