Alemanha, Brasil e Índia insistem na reforma da ONU

A Alemanha aliou-se ao Brasil e à Índia para reapresentar uma resolução que adicionaria seis cadeiras permanentes ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), anunciaram representantes do governo alemão. A iniciativa deve trazer de volta à tona as discussões sobre a iniciativa. No ano passado, os três países, que ao lado do Japão aspiram a cadeiras permanentes no Conselho, viram a proposta ser retirada da pauta de discussão na ONU.Hoje, Thomas Steg, porta-voz do governo alemão, disse que a proposta de resolução foi reapresentada ontem na sede da ONU em Nova York, acompanhada de uma nota que dizia: "o que importa para nós é dar continuidade aos debates, e não buscar uma votação rápida". Alemanha, Brasil e Índia "mantêm a opinião de que esse projeto de resolução tem grandes chances de obter maioria de dois terços", prosseguiu o porta-voz.Em Tóquio, um alto funcionário japonês comentou hoje, sob condição de anonimato, que o governo do Japão preparava seu próprio pleito junto à ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.