Alemanha considera encerrado surto de E.coli

O centro de controle e prevenção de doenças da Alemanha declarou encerrado nesta terça-feira o surto de E.coli que provocou a morte de mais de 50 pessoas este ano.

AE, Agência Estado

26 de julho de 2011 | 15h55

De acordo com o Instituto Robert Koch, ninguém adoeceu nas últimas três semanas, período que abrange o tempo de incubação da bactéria Escherichia coli.

Pelo menos 52 pessoas morreram durante o surto, sendo 50 na Alemanha, uma na Suécia e uma nos Estados Unidos. Trata-se do mais mortífero surto de E.coli já registrado no mundo. Ao todo, a bactéria infectou 4.321 pessoas na Alemanha e 140 em outros 15 países. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaEcoli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.