REUTERS/Markus Schreiber
REUTERS/Markus Schreiber

Alemanha convoca eleições gerais para 24 de setembro

No fim de novembro, a chefe do governo, no poder há mais de 11 anos, anunciou sua candidatura a um novo mandato, adiantando que será a campanha 'mais difícil' de sua carreira

O Estado de S. Paulo

18 Janeiro 2017 | 18h54

As eleições gerais alemãs serão realizadas no dia 24 de setembro, decidiu nesta quarta-feira, 18, o governo, votação importante diante da ascensão do populismo na Alemanha e no mundo, segundo a chanceler Angela Merkel, que busca um quarto mandato.

"O conselho de ministros propõe ao presidente federal o domingo, 24 de setembro, para as eleições legislativas", informou o porta-voz do governo, Steffen Seibert, em um tuíte. A data ainda precisa ser aprovada pelo presidente da República, Joachim Gauck.

No fim de novembro, a chefe do governo, no poder há mais de 11 anos, anunciou sua candidatura a um novo mandato, adiantando que será a campanha "mais difícil" de sua carreira.

Angela Merkel, que completará 63 anos em julho, se apresentou como a defensora dos valores democráticos diante do aumento do populismo no mundo, como as vitórias de Donald Trump nos Estados Unidos, do Brexit no Reino Unido e do fenômeno da ultradireita em vários países europeus.

Neste sentido, Merkel precisará enfrentar o partido anti-imigração Alternativa para a Alemanha (AfD) que, segundo as pesquisas, pode entrar na Câmara de Deputados. / AFP 

 

Mais conteúdo sobre:
AlemanhaAngela Merkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.