Alemanha corrige número de mortos pela E.coli para 24

Autoridades alemãs corrigiram o número de mortes confirmadas no surto da bactéria Escherichia coli (E.coli) para um total de 24. Uma porta-voz do Instituto Robert Koch, centro nacional de saúde pública, informou que retirou uma das vítimas da lista, após o departamento de saúde da Bavária ter dito que a pessoa não morreu em virtude da infecção.

GABRIELA MELLO, Agência Estado

07 de junho de 2011 | 13h25

Mais cedo, autoridades do Estado da Baixa Saxônia comunicaram que duas idosas morreram em 31 de maio e 1º de junho de complicações relacionadas à E.coli. Com exceção de um, todos os casos de morte foram registrados na Alemanha. O outro foi o de uma mulher na Suécia, que havia voltado recentemente da Alemanha.

Autoridades ainda não identificaram a origem do surto, que deixou mais de 2.300 pessoas doentes em pelo menos 14 países. Consumidores alemães foram aconselhados a evitar brotos de feijão, pepinos, tomates e alface cru. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bactériaEcoliEuropamortesrevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.