Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Alemanha defende formação de Exército europeu comum

A União Européia deveria avançar na direção da formação de um Exército comum, disse a primeira-ministra alemã, Angela Merkel, em entrevista publicada nesta sexta-feira, 23. Questionada sobre sua visão do desenvolvimento da UE nos próximos 50 anos, Merkel disse ao jornal alemão Bild: "Na UE devemos nos aproximar de um Exército europeu comum." No ano passado, o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, disse que seu país queria a criação de um novo Exército da UE, com 100 mil homens, para trabalhar com a OTAN em pontos problemáticos no mundo e para defender a Europa. Presidente rotativo do bloco, a Alemanha prometeu apresentar um "mapa do caminho" para a o relançamento da constituição na cúpula de UE marcada para junho, em Bruxelas, com proposta de ratificação do texto em 2009.Merkel recebe neste fim de semana, em Berlim, uma cúpula durante a qual o bloco celebrará seu 50º aniversário e fará uma declaração estabelecendo seus valores e realizações. A primeira-ministra espera que a chamada "Declaração de Berlim" seja a plataforma de lançamento de reativação da constituição européia, rejeitada pelos eleitores da França e da Holanda em 2005. Merkel disse ao Bild que os 27 membros da UE costumam gastar muito tempo com disputas sobre a estrutura do bloco. "Para mudar isso, precisamos da constituição da UE, que estabelece o mecanismo de decisão para uma UE mais ampla", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.