Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Alemanha detém francês acusado de corrupção

Policias de fronteira da Alemanha prenderam hoje o francês Alfred Sirven acusado de esconder segredos de um esquema de corrupção que envolve políticos da França. Sirven, de 74 anos, a figura central no julgamento que está em andamento do ex-ministro francês das Relações Exteriores, Roland Dumas; foi preso logo que chegou ao principal aeroporto da Alemanha, em Frankfurt, segundo Klaus Ludwig, o porta-voz do serviço de segurança da fronteira. Um avião militar ?Falcon? das Forças Aéreas francesas aguarda para levá-lo à Paris, onde será julgado por desvio de aproximadamente US$ 425 milhões da empresa petrolífera ELF, durante a presidência de Loik Le Floch-Prigent (1989-93). A detenção de Sirven, em pleno decorrer do julgamento do ex-ministro, deve reativar as investigações sobre o escândalo. As autoridades das Filipinas prenderam o francês ontem na cidade de Tagaytay, ao sul de Manila, depois de três anos como fugitivo. Na Alemanha, Servin também é acusado de estar ligado a outro escândalo de corrução que envolve o ex-chanceler Helmut Kohl. O diplomata alemão é acusado de receber suborno do Partido Democrático Cristão, que estaria vinculado à venda, em 1992, de uma refinaria para a ELF.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2001 | 05h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.