Alemanha expressa respeito por Papa Bento XVI

Um porta-voz do governo da Alemanha prestou homenagem ao Papa Bento 16 nesta segunda-feira, logo depois que o Vaticano anunciou a demissão do pontífice alemão.

CLARISSA MANGUEIRA, Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 20h51

"O governo tem o respeito mais alto pelo Santo Padre por suas contribuições ao longo da sua vida para a Igreja Católica", afirmou porta-voz do governo alemão Steffen Seibert em uma coletiva de imprensa regular do governo. "Ele colocou suas próprias características pessoais como um pensador à frente da igreja e como um pastor", acrescentou.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, fará provavelmente uma declaração ainda nesta segunda-feira, acrescentou o porta-voz. Mais cedo, o Vaticano disse que Bento XVI pretende deixar o cargo no dia 28 de fevereiro após oito anos de Pontíficie por causa da idade avançada para cumprir suas obrigações no Papado. O Papa tem 85 anos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Bento XVIAlemanhaVaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.